Anel com Apolo é descoberto em Israel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Anel com Apolo é descoberto em Israel

Mensagem  Thiago Oliveira em Qua Nov 10, 2010 9:35 am

Anel com Apolo é descoberto em Israel

Sicience Daily (20 de setembro de 2010)
- um raro anel assinado em bronze com o rosto do deus grego do sol, Apolo foi descoberto em Tel Dor, no norte de Israel, por escavadores da Universidade de Haifa.

Uma peça de arte de alto nível como esta, indubitavelmente feita por um artista de alto nível, indica que as elites locais desenvolveram um gosto por boa arte e a capacidade para pagá-las enquanto viviam em cidades provincianas e não apenas nas cidades capitais do mundo helenístico" , explica a dra. Ayelet Gilboa, líder do departamento de arqueologia da Universidade de Haifa, que liderou as escavações em Dor junto com o Dr. Ilan Sharon da Universidade Hebráica de Jerusalém.
Quando o anel foi recuperado de uma vestígios de uma cova próximo de uma estrutura helenística, ele estava coberto por camadas de terra e corroído, e os arqueólogos não tinham qualquer indicação que pudesse revelar a forma da figura lendária. Apenas depois que o anel foi limpo no laboratório de conservação e restauração no Instituto de Arqueologia da Universidade Hebráica de Jerusalém, foi que o perfil do jovem imberbe de cabelos longos e adornado com a coroa de louros foi revelado. O anel foi examinado pela Dra. Jéssica Nitschke, professora de arqueologia clássica na Universidade de Georgetown, em Washington, e por Roberta Martin, professora assistente de arte da Universidade Estadual do Sudeste de Missouri, ambas foram parceiras nas escavações de Tel Dor. Ambas confirmaram que a imagem é de Apolo, um dos mais importantes dos deuses olímpicos da mitologia grega, deus do sol, da luz e música.
O contexto arqueológico e o estilo do anel data de antes do século IV ou III AEC. Este tipo de anel era usado como um selo ou foi dedicado para o templo de deus impresso nele. Muitas das peças de arte originárias do oriente próximo ainda hoje são de origem desconhecida estão sendo levadas ilegalmente para o comércio de antiguidades, ou compradas por museus e colecionadores antes que as pesquisas científicas comecem.
O anel também apresenta personagens cosmopolitas de sua região anteriores a 2300 anos atrás. Apesar dos danos sofridos através dos séculos, a qualidade do anel é facilmente reconhecível. O precioso objeto foi encontrado na mesma região em que uma grande gema com uma imagem de Alexandre o Grande gravada e um raro e requintado piso em mosaico helenístico foram encontrados durante os princípio da temporada de escavações. / Todas estas descobertas muito provavelmente estão conectadas com uma estrutura próxima que está sendo escavada; os recursos arquitetônicos indicam que esta é uma estrutura da alta sociedade.
Estas descobertas demonstram que a circulação de objetos de arte não era restrita às capitais do mundo helenístico no oriente, como Alexandria no Egito ou Antióquia e Selêucia, na Síria,onde a população era essencialmente de gregos, mas também crescia em muitos centros, com Dor, que inicialmente foi habitada por fenícios..
Dor teve um porto importante na costa do Mediterrâneo de 2000 AEC até 250 EC. Peças de arte de estilo grego, como o anel de assinatura e pequenas gemas, começaram a aparecer no oriente já no tempo do império persa ( século Vi a IV AEC) e voltou a ser comum após a conquista da região por Alexandre, o Grande,passando por Dor na sua viagem de Tiro para o Egito em 332 AEC. Depois que a cidade de Dor voltou a ser um centro da cultura grega em Israel, e que a cultura deixou suas marcas depois de Dor ter sido conquistada por Alexandre Janeus rei da Judéia, por volta do século I AEC na seu impacto é evidente, na época romana.
Tel Dor está localizada próximo a praia de Dor (Tantura), entre Haifa e Tel Aviv. Escavações estão sendo continuamente realizadas há mais de trinta anos e está em vias de ser declarado um Parque Nacional pela autoridade israelense de Parque e Natureza. A universidade de Haifa e a Universidade Hebráica têm colaborado nas escavações com a equipe liderada pela professora Sarah Stroup na Universidade de Washington em Seatle e a equipe dirigida pela Dra. Elizabeth Bloch-Smith da Universidade São José, na Filadélfia. Mais de 130 pesquisadores, estudantes e voluntários de Israel e dos Estados Unidos participaram da temporada de escavações em 2010. O anel foi descoberto em uma área de escavações dirigida por Yifath Shalev e Hagas Ben-Best, um candidato a PhD e graduado do departamento de arqueologia da Universidade de Haifa. As escavações em Tel Dor são financiadas pela Fundação Goldhirsh, nos Estados Unidos e pela Fundação Berman de Arqueologia Bíblica e pela Fundação de Ciências de Israel.

traduzido por mim daqui
avatar
Thiago Oliveira

Masculino Número de Mensagens : 822
Emprego/lazer : Educador/ estudante
Data de inscrição : 09/02/2008

Ver perfil do usuário http://ta-hiera.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum