geraldo carneiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

geraldo carneiro

Mensagem  Alexandra em Seg Mar 14, 2011 2:27 pm

poema sem título
Piquenique em Xanadu (Editora Arte e Expressão, 1988)

eu, Orfeu, me demito
não tenho gás nem savoir-faire de mito
a musa me deixou no rádio-táxi
bandeira 2 na porta do Parnaso
(chamei o Criador ao telefone:
oh Zeus: what the Hell
am I doing in Paradise?)
perdi meus verdes anos na ilusão
de ser o mais perfeito semideus
da nova geração: e agora, Orfeu?
Eurídice partiu com o Minotauro
e se perdeu no carnaval de Creta
Penélope, a paixão secreta,
não esperou o The End da Odisséia
e foi passar o último week-end
nos subúrbios de Pompéia
e agora, Orfeu?
o que fazer senão espairecer
ser e não ser o coração romântico
de Tróia
sonhando precipícios
ao sol de um balneário de quimeras?

( Geraldo Carneiro - http://www.geraldocarneiro.com/erros_meus-eu_orfeu_me_demito.php )
avatar
Alexandra
Administrador
Administrador

Feminino Número de Mensagens : 1071
Emprego/lazer : Psicologia, Letras e Artes
Data de inscrição : 15/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum