Este videoclip é ofensivo ao Helenismos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Este videoclip é ofensivo ao Helenismos

Mensagem  Nicodemos em Dom Nov 16, 2014 12:43 am





Esta música não chega a ser ofensiva, e obviamente não foi feita para finalidades ortopráticas, então podemos relevar um ou outro verso de conotação duvidosa; mas o filme, no meu entendimento, é claramente ofensivo, emparelhando a Senhora da Vida com os vilões dos folclores judaico-cristão e uralo-altaico. Achei isso de um enorme desrespeito e mau-gôsto.

É por causa de manifestações como estas que muitas pessoas têm uma visão distorcida do Dodecateísmo.
avatar
Nicodemos

Masculino Número de Mensagens : 33
Localização : -
Emprego/lazer : -
Data de inscrição : 27/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Este videoclip é ofensivo ao Helenismos

Mensagem  Nicodemos em Seg Nov 17, 2014 12:18 am


Análise da letra da música:

Primera estrofe:

A goddess on a mountain top
Was burning like a silver flame,
The summit of beauty and love,
And Venus was her name.


Referências ao Monte Ida, e à associação da deusa com o brilho da prata. Sobre a menção ao fogo e à prata, sabe-se Afrodite é menos associada a gemas e mais associada à ourivessaria, especialmente a do cobre e a da prata. Hefesto, marido de Afrodite, também era um metalúrgico (fogo e metal), e lhe dava presentes de metal nobre.
Nada obsta.


Refrão:

She's got it,
Yeah, baby, she's got it.
Well, I'm your Venus,
I'm your fire at your desire.
Well, I'm your Venus,
I'm your fire at your desire.


"She's got it" pode ser traduzido como "Ela conquistou", referência à Vênus Vitoriosa de Esparta ou de Roma (Omnia vincit amor, "o amor a tudo vence"), cidades onde também era cultuada como deusa guerreira.
Que é o fogo no nosso desejo, não há dúvidas.
Só tenho dúvidas sobre a parte "I'm your Venus"... Não estamos falando aqui de um Aghatos Daimon para chamar de "meu" ou "seu", mas de um dos Doze que presidem do Olimpo. Então, não pode ser "minha" ou "sua".


Segunda estrofe:

Her weapon were her crystal eyes
Making ev'ry man mad;
Black as a dark night she was,
Got what no one else had.
Wow!


Hesíodo traz a confirmação de que seus olhos eram como faíscas ou estrelas. Quando a parte sobre "enlouquecer os homens", isso só se aplica se for numa licença poética ou, no sentido literal, se estivermos falando de uma hybris.

"Black as a dark night she was" - Errado. Seus epípetos são "criséia" (dourada) e "cúprea" (acobreada). Homero disse ainda que suas mãos eram muito brancas. Não vejo associação alguma entre Afrodite e a escuridão. Sendo filha de Urano, Afrodite sempre me pareceu uma deusa ligada diretamente à luz celestial, diurna, associada à aurora (Estrela D'Alva) e ao amanhecer. Ovídio ainda explicou que tudo aquilo relacionado ao relacionamento amoroso corre melhor à luz do dia, e que a epifania de Afrodite a Alexandre Páris ocorreu "sob a luz do Sol". Eu vejo a noite mais relacionada a Hermes, a Ártemis, a Selene, a Hécate e a Perséfone.

Creio que para a maioria de vocês, devo estar "chovendo no molhado", mas acho interessante registrar aqui estas idéias.

Obrigado.


avatar
Nicodemos

Masculino Número de Mensagens : 33
Localização : -
Emprego/lazer : -
Data de inscrição : 27/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum